30 Expressões Populares Que Você Nunca Soube o Significado

Compartilhe esse conteúdo!

Olá, pessoal! Hoje eu quero compartilhar com vocês um tema bem interessante: as expressões populares que usamos no nosso dia a dia, mas que muitas vezes desconhecemos o real significado por trás delas. Já parou para pensar de onde surgiram expressões como “pé de chinelo”, “dar com os burros n’água” ou “tirar o cavalinho da chuva”? Vamos explorar juntos o significado dessas e outras expressões populares e descobrir suas origens curiosas e divertidas. Você está preparado para desvendar esses mistérios linguísticos comigo? Então vamos lá!
expressoes populares confusao fundo colorido

Não Perca Tempo!

  • Chutar o balde: desistir de algo
  • Deixar a peteca cair: falhar em uma tarefa
  • Puxar a sardinha para o seu lado: defender seus próprios interesses
  • Queimar a largada: começar algo antes do tempo certo
  • Comer o pão que o diabo amassou: passar por muitas dificuldades
  • Chorar as pitangas: reclamar muito
  • Deus nos acuda: expressão de desespero
  • Encher linguiça: falar muito sem dizer nada
  • Está com a macaca: estar irritado ou mal-humorado
  • Fazer uma vaquinha: arrecadar dinheiro entre amigos para um objetivo em comum
  • Gato escaldado tem medo de água fria: quem já passou por uma situação difícil tem medo de passar novamente
  • Meter o bedelho: se intrometer em assuntos alheios
  • Não ter papas na língua: falar o que pensa sem medir as consequências
  • Pagar o pato: ser responsabilizado por algo que não fez
  • Pedir arrego: desistir de algo ou pedir ajuda
  • Queimar a rosca: fazer algo errado ou desonesto
  • Rasgar seda: elogiar exageradamente alguém
  • Sair de fininho: sair sem que ninguém perceba
  • Segurar vela: estar em um encontro de casal sem ter um par
  • Soltar a franga: se divertir sem preocupações
  • Tirar o cavalinho da chuva: desistir de algo que não vai acontecer
  • Virar a mesa: mudar completamente uma situação
  • Abraçar o mundo: querer fazer muitas coisas ao mesmo tempo
  • Bater as botas: morrer
  • Comprar gato por lebre: ser enganado em uma compra
  • Dar com os burros n’água: falhar em uma tarefa
  • Estar com a pulga atrás da orelha: estar desconfiado
  • Fazer uma tempestade em copo d’água: se preocupar demais com algo pequeno
  • Mandar para as cucuias: mandar embora ou acabar com algo
  • Pedra no sapato: algo que incomoda ou atrapalha

expressoes idiomaticas confusao 3

“Tirar o cavalinho da chuva: De onde surgiu essa expressão?”

Quem nunca ouviu alguém dizer “pode tirar o cavalinho da chuva” quando queria dizer que algo não ia acontecer? Mas de onde surgiu essa expressão tão curiosa?

A origem dessa frase remonta ao século XIX, quando as pessoas costumavam deixar seus cavalos do lado de fora das casas enquanto visitavam seus amigos ou familiares. Se começasse a chover, o animal ficava exposto à chuva e, para evitar que ele se molhasse, era comum que o dono dissesse “tira o cavalinho da chuva”, ou seja, traz o animal para dentro da casa.

Com o tempo, a expressão passou a ser usada em sentido figurado para indicar que algo não iria acontecer, como se fosse uma forma de dizer “pode esquecer essa ideia”. E assim, “tirar o cavalinho da chuva” se tornou uma das expressões populares mais conhecidas do nosso vocabulário.

“Pôr os pingos nos is”: Qual a origem dessa expressão?

Quando alguém diz que é preciso “por os pingos nos is”, significa que é necessário esclarecer todos os detalhes de um assunto para evitar qualquer tipo de confusão. Mas de onde vem essa expressão?

Veja:  Cumpadre ou Compadre é uma palavra usada para se referir a um amigo próximo, companheiro ou parceiro. Também pode ser usado para se referir ao padrinho de batismo de uma criança ou ao amigo que se torna padrinho de casamento.

Acredita-se que a origem esteja na época em que as crianças aprendiam a escrever. Naquela época, era comum usar uma pena e um tinteiro para escrever e, muitas vezes, as crianças acabavam borrando a tinta e deixando as letras ilegíveis.

Para evitar esse problema, os professores costumavam ensinar aos alunos a importância de colocar os “pingos” (ou seja, os pontos) nos “is” para que as letras ficassem claras e legíveis. Com o tempo, a expressão passou a ser usada em sentido figurado para indicar que é preciso esclarecer todos os detalhes de um assunto.

“Fulano é um pé de chinelo”: O que significa essa gíria?

Quando alguém diz que outra pessoa é um “pé de chinelo”, geralmente está querendo dizer que ela é desleixada ou não se importa muito com a aparência. Mas qual a origem dessa gíria?

A expressão surgiu no século XIX, quando os escravos usavam chinelos feitos com restos de couro para proteger os pés. Esses chinelos eram conhecidos como “pé de chinelo” e eram considerados calçados simples e baratos.

Com o tempo, a expressão passou a ser usada para se referir a pessoas que não se preocupavam muito com a aparência ou que não tinham condições financeiras para comprar roupas e calçados mais sofisticados. E assim, “fulano é um pé de chinelo” se tornou uma forma popular de se referir a alguém que não se importa muito com a aparência.

“Comer o pão que o diabo amassou”: De onde vem essa expressão?

Quando alguém diz que já “comeu o pão que o diabo amassou”, geralmente está querendo dizer que passou por muitas dificuldades na vida. Mas qual a origem dessa expressão tão curiosa?

Acredita-se que a expressão tenha surgido na época em que as pessoas faziam pão em casa. Naquela época, era comum que o pão fosse amassado com as mãos e, muitas vezes, as pessoas deixavam restos de massa para trás.

Segundo a lenda, o diabo costumava pegar esses restos de massa e amassá-los com suas próprias mãos, transformando-os em um tipo de pão amargo e ruim. Assim, “comer o pão que o diabo amassou” passou a ser uma forma de se referir a pessoas que passaram por muitas dificuldades na vida.

“Deus escreve certo por linhas tortas”: O que ela realmente quer dizer?

Quando alguém diz que “Deus escreve certo por linhas tortas”, geralmente está querendo dizer que tudo acontece por uma razão e que, mesmo quando as coisas parecem dar errado, é possível encontrar um sentido maior nas situações. Mas qual a origem dessa expressão?

Acredita-se que a frase tenha surgido no século XVII, quando os escritores usavam penas de ave para escrever. Naquela época, as penas eram irregulares e muitas vezes produziam letras tortas ou borradas.

Com o tempo, a expressão passou a ser usada em sentido figurado para indicar que mesmo quando as coisas não saem como esperamos, é possível encontrar um sentido maior nas situações. E assim, “Deus escreve certo por linhas tortas” se tornou uma forma popular de expressar a ideia de que tudo acontece por uma razão.

“Pelos quatro cantos do mundo”: Como e onde se originou essa frase?

Quando alguém diz que algo é conhecido “pelos quatro cantos do mundo”, geralmente está querendo dizer que é conhecido em todos os lugares. Mas qual a origem dessa expressão?

Acredita-se que a frase tenha surgido na Grécia Antiga, quando as pessoas acreditavam que o mundo era quadrado e tinha quatro cantos. Com o tempo, a ideia de que o mundo era redondo se tornou mais aceita, mas a expressão “pelos quatro cantos do mundo” continuou sendo usada para indicar que algo é conhecido em todos os lugares.

Com o passar dos anos, a expressão se tornou popular em vários países e hoje é usada em todo o mundo para indicar que algo é conhecido em todos os lugares.

“Nós estamos à beira do abismo e um passo adiante dele”: Significado dessa citação bem conhecida?

Essa citação é atribuída ao escritor francês Honoré de Balzac e geralmente é usada para indicar que estamos em uma situação perigosa e que precisamos tomar cuidado para não piorar ainda mais as coisas.

A ideia por trás da frase é que muitas vezes estamos tão próximos do abismo (ou seja, de uma situação perigosa) que basta um passo para cairmos nele. Por isso, é importante estar atento e tomar cuidado para evitar que as coisas piorem ainda mais.

Essa citação é um lembrete de que devemos sempre estar atentos aos nossos atos e às consequências deles, para evitar que acabemos caindo no abismo. E assim, ela se tornou uma das frases mais conhecidas da literatura francesa.

MitoVerdade
1. “A vaca foi pro brejo”Significa que algo deu errado ou que uma situação complicada aconteceu.
2. “Bater as botas”Significa morrer.
3. “Cair do cavalo”Significa ter uma decepção ou uma frustração.
4. “Chutar o balde”Significa desistir ou abandonar algo.
5. “Comer o pão que o diabo amassou”Significa passar por uma situação difícil ou sofrer muito.
6. “Dar com os burros n’água”Significa fracassar ou não ter sucesso em algo.
7. “Deixar a desejar”Significa não atender às expectativas ou não ser suficiente.
8. “Estar com a corda no pescoço”Significa estar em uma situação de risco ou pressão.
9. “Fazer uma vaquinha”Significa juntar dinheiro entre amigos para uma finalidade comum.
10. “Ficar a ver navios”Significa ficar esperando por algo que não acontece.
11. “Ir por água abaixo”Significa fracassar ou não ter sucesso em algo.
12. “Jogar a toalha”Significa desistir ou abandonar algo.
13. “Meter o pé”Significa sair correndo ou fugir.
14. “Nadar contra a corrente”Significa ir contra as opiniões ou dificuldades.
15. “Pagar o pato”Significa ser responsabilizado por algo que não fez.
16. “Passar a perna”Significa enganar ou trapacear alguém.
17. “Pôr a mão na massa”Significa trabalhar ou colocar em prática algo.
18. “Queimar a língua”Significa falar algo que não deveria ou se arrepender do que foi dito.
19. “Rasgar dinheiro”Significa gastar dinheiro sem necessidade ou de forma exagerada.
20. “Sair pela culatra”Significa dar errado ou ter um resultado oposto ao esperado.
21. “Segurar vela”Significa estar em um encontro romântico sem ter um par.
22. “Tirar o cavalinho da chuva”Significa desistir de algo ou não ter esperanças.
23. “Unha e carne”Significa ser muito próximo ou ter uma relação de amizade profunda.
24. “Vender gato por lebre”Significa enganar alguém através de uma troca injusta.
25. “Virar a mesa”Significa mudar a situação ou inverter as coisas a seu favor.
26. “Xingar muito no Twitter”Significa desabafar ou reclamar de forma intensa nas redes sociais.
27. “Zerar a vida”Significa conquistar tudo o que se deseja na vida ou ter uma grande realização.
28. “Zuar com alguém”Significa fazer piada ou brincar com alguém de forma amigável.
29. “Abrir o jogo”Significa contar a verdade ou revelar algo que estava escondido.
30. “Achar chifre em cabeça de cavalo”Significa procurar defeitos ou problemas onde não existem.
Veja:  Entenda o Significado do Tremor no Olho Esquerdo

Fatos Interessantes

  • “Deus nos acuda”: expressão utilizada para pedir ajuda ou socorro, geralmente em situações de perigo.
  • “Ficar a ver navios”: significa ficar esperando algo que não vai acontecer.
  • “Cair a ficha”: quando finalmente se entende algo que antes não havia sido compreendido.
  • “Pagar o pato”: ser responsabilizado por algo que não fez.
  • “Mandar alguém às favas”: mandar alguém embora ou dispensá-lo.
  • “Fazer uma vaquinha”: juntar dinheiro entre amigos para uma causa comum.
  • “Chutar o balde”: desistir ou abandonar algo de forma abrupta.
  • “Queimar o filme”: prejudicar a própria imagem ou reputação.
  • “Dar com os burros n’água”: fracassar ou não obter sucesso em algo que se esperava.
  • “Fazer vista grossa”: ignorar algo que está acontecendo, mesmo sabendo da sua existência.
  • “Casa da mãe Joana”: lugar onde impera a bagunça e a falta de ordem.
  • “Enfiar o pé na jaca”: exagerar na bebida ou na comida e passar mal por isso.
  • “Ficar a ver navios”: ficar esperando algo que não vai acontecer.
  • “Matar a cobra e mostrar o pau”: provar que algo foi feito ou realizado com sucesso.
  • “Chover no molhado”: dizer algo que já foi dito antes, sem acrescentar nada de novo.
  • “Estar com a pulga atrás da orelha”: desconfiar de algo ou alguém.
  • “Ficar com a pulga atrás da orelha”: ficar em dúvida ou inseguro sobre algo.
  • “Quebrar o galho”: ajudar alguém em uma situação difícil ou resolver um problema temporariamente.
  • “Fazer uma macumba”: fazer algo de forma improvisada ou sem muita técnica.
  • “Ficar a ver navios”: ficar esperando algo que não vai acontecer.
  • “Fazer nas coxas”: fazer algo de forma mal feita ou sem capricho.
  • “Falar pelos cotovelos”: falar muito e sem parar.
  • “Ficar de bico calado”: ficar quieto e não falar nada sobre determinado assunto.
  • “Cair do cavalo”: ter uma decepção ou descobrir que algo não era bem como se imaginava.
  • “Mandar para o quinto dos infernos”: mandar alguém embora ou para um lugar distante e ruim.
  • “Fazer uma vaquinha”: juntar dinheiro entre amigos para uma causa comum.
  • “Ficar a ver navios”: ficar esperando algo que não vai acontecer.
  • “Fazer hora extra”: trabalhar além do horário de expediente.
  • “Fazer uma tempestade em copo d’água”: dar importância exagerada a algo que não é tão relevante assim.
  • “Ficar com a pulga atrás da orelha”: desconfiar de algo ou alguém.
  • “Fazer uma vaquinha”: juntar dinheiro entre amigos para uma causa comum.
Veja:  Sine Qua Non: Entenda o Significado Dessa Expressão Latina


Manual de Termos


1. Arroz de festa: pessoa que sempre está presente em todas as festas.
2. Bater perna: caminhar sem destino.
3. Cair a ficha: compreender algo que não havia entendido antes.
4. Dar um toque: avisar alguém sobre algo.
5. Engolir sapo: aceitar uma situação desagradável sem reclamar.
6. Ficar a ver navios: esperar por algo que não acontece.
7. Guardar a sete chaves: guardar algo com muito cuidado e segurança.
8. Ir para o beleléu: ir embora, sumir.
9. Jogar a toalha: desistir de algo.
10. Levar um bolo: ser enganado ou deixado esperando por alguém que não aparece.
11. Meter o pé na jaca: exagerar na bebida ou na comida.
12. Não ter papas na língua: falar o que pensa sem se preocupar com as consequências.
13. Onde Judas perdeu as botas: lugar muito distante e desconhecido.
14. Pagar o pato: ser responsabilizado por algo que não fez.
15. Queimar a língua: comer algo muito quente e se queimar.
16. Rir à toa: rir sem motivo aparente.
17. Sair pela culatra: ter um plano ou estratégia que acaba dando errado.
18. Tirar o cavalinho da chuva: desistir de algo que não vai acontecer.
19. Um olho no peixe, outro no gato: estar atento a mais de uma coisa ao mesmo tempo.
20. Vestir a carapuça: se sentir ofendido com alguma coisa que foi dita.
21. Xingar até a quarta geração: insultar alguém e seus familiares.
22. Zé ninguém: pessoa sem importância ou relevância.
23. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura: persistência é a chave para alcançar algo difícil.
24. Boca de siri: manter segredo sobre algo.
25. Cair do cavalo: ter uma ilusão desfeita ou ser desmentido.
26. Dar com os burros n’água: fracassar em uma tentativa.
27. Encher linguiça: falar muito sem dizer nada de importante.
28. Fazer uma vaquinha: arrecadar dinheiro entre amigos para um objetivo em comum.
29. Ir pelos ares: explodir ou se desintegrar completamente.
30. Lavar as mãos: não se responsabilizar por algo que deveria ser feito.
expressoes confusao lista

1. Deu zebra, o que significa?


Resposta: Quando algo dá zebra, significa que algo deu errado, que houve um imprevisto.

2. Qual o significado de “dar com os burros n’água”?


Resposta: Essa expressão significa que uma pessoa tentou fazer algo, mas não obteve sucesso.

3. O que quer dizer “ficar a ver navios”?


Resposta: Quando alguém fica a ver navios, significa que essa pessoa foi enganada ou ficou esperando algo que não aconteceu.

4. O que significa “puxar a brasa para a sua sardinha”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém está buscando benefícios próprios em uma situação.

5. Qual o significado de “não estar com a bola toda”?


Resposta: Quando alguém não está com a bola toda, significa que essa pessoa não está em sua melhor forma ou não está se saindo bem em uma situação.

6. O que quer dizer “colocar a mão na massa”?


Resposta: Essa expressão significa que alguém está disposto a trabalhar duro e colocar esforço em algum projeto ou tarefa.

7. O que significa “dar uma mãozinha”?


Resposta: Quando alguém dá uma mãozinha, significa que essa pessoa está ajudando outra em alguma tarefa ou situação.

8. Qual o significado de “ficar de bico calado”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém está quieto, não está falando ou não está contando algo que sabe.

9. O que quer dizer “estar com a pulga atrás da orelha”?


Resposta: Quando alguém está com a pulga atrás da orelha, significa que essa pessoa está desconfiada ou preocupada com algo.

10. Qual o significado de “fazer uma vaquinha”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que um grupo de pessoas está juntando dinheiro para uma causa em comum.

11. O que significa “dar um tiro no pé”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém tomou uma decisão ruim que acabou prejudicando a si mesmo.

12. Qual o significado de “ficar na mão”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém foi deixado sem ajuda ou sem recursos em uma situação difícil.

13. O que quer dizer “pagar o pato”?


Resposta: Essa expressão significa que alguém está sendo responsabilizado por algo que não fez ou por algo que não é sua culpa.

14. Qual o significado de “ficar de castigo”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém foi punido por ter feito algo errado.

15. O que significa “fazer vista grossa”?


Resposta: Essa expressão quer dizer que alguém está ignorando algo que está acontecendo, mesmo que saiba que não deveria.
expressoes confusas pensamento duvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima